04

Deslize para baixo

Sobre o Parque

No dia 6 de Março de 2011, os governos de Guangdong e de Macau assinaram o Acordo-Quadro de Cooperação Guangdong–Macau, sob o testemunho dos líderes nacionais. Sendo o primeiro projecto implementado ao abrigo deste acordo, o Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong–Macau (adiante designado por “Parque”) foi estabelecido oficialmente em Hengqin, em Abril de 2011, entidade desenvolvida e gerida pela empresa co-criada por Macau e Hengqin. O Parque cobre uma área de 500.000 m2, com uma área total de desenvolvimento de cerca de 1.400.000 m2

Sendo um importante suporte e uma importante plataforma de Macau para promover a indústria da medicina tradicional chinesa, com os objectivos essenciais de construção de uma “Base Internacional de Controlo de Qualidade de Medicina Tradicional Chinesa” e de uma “Plataforma Internacional de Intercâmbio da Indústria da Saúde”, bem como com o objectivo da criação do posicionamento vantajoso de “Janela Internacional  da Indústria e Cultura de Medicina Tradicional Chinesa sob a Iniciativa de "Faixa e Rota"”, tudo isto combinado com o posicionamento de desenvolvimento de “Um Centro, Uma Plataforma, Uma Base” de Macau, o Parque tem procedido à concretização faseada dos objectivos de médio e longo prazo, nomeadamente, o “agrupamento de promoção e de I&D de medicamentos inovadores e produtos de saúde”, o “agrupamento de promoção das indústria e cultura de saúde” e a “plataforma internacional de intercâmbio e comércio de tecnologias e de produtos de saúde”.

Na actualidade, o Parque estabeleceu uma plataforma de serviços públicos profissionais ao nível avançado internacional, que engloba a produção das Bases Práticas de Fabrico (BPF) em Escala-Piloto, I&D e inspecção, que atendem às normas de certificação do Interior da China e da União Europeia, tendo criado também várias áreas incubadoras para diversos tipos de empresas. Em simultâneo, o Parque reuniu recursos de inovação tecnológica, como as equipas chinesas e estrangeiras de I&D inovadores de excelência, com entidades competentes do governo e com especialistas e instituições exemplares na área, de forma a dirigir e impulsionar a transformação e industrialização dos frutos da inovação tecnológica da medicina tradicional chinesa, na Grande Baía Guangdong–Hong Kong–Macau. 

Até ao início de Setembro de 2020, o Parque contava com 200 empresas inscritas (com 48 empresas de Macau), envolvendo áreas como medicina tradicional chinesa, produtos de saúde, equipamentos médicos, serviços médicos e biomedicina. Através da plataforma do Parque, este vai desempenhando um papel substancial na cultivação do crescimento e desenvolvimento de empresas de medicina tradicional chinesa.

Desde a criação do “Centro de Cooperação e Intercâmbio Internacional”, em 2015, aproveitando a vantagem internacional de Macau como “cabeça-de-ponte”, o Parque tem-se dedicado à construção global de uma plataforma para a cooperação e o intercâmbio internacional com os Países de Língua Portuguesa, como ponto de acesso. Combinando o modo de promoção de “introdução de medicamentos através de tratamentos médicos”, o Parque ajudou os produtos e tecnologias de medicina tradicional chinesa de alta qualidade das empresas a entrar, via Macau, nos mercados dos Países de Língua Portuguesa, da União Europeia e dos países abrangidos pela iniciativa “Faixa e Rota”. Até à actualidade, o Parque auxiliou, com êxito, seis produtos de empresas do Interior da China e de Macau a obter a aprovação de lançamento em Moçambique.

Em Setembro de 2018, o Parque criou a “Sede de Intercâmbio Internacional para os Jovens Profissionais de Medicina Tradicional Chinesa”, de modo a construir uma plataforma de intercâmbio e aprendizagem mútua, de expansão do horizonte e de crescimento para jovens médicos internacionais de medicina tradicional chinesa, incluindo os profissionais de Macau. Através da contratação de uma equipa de orientadores profissionais, composta por especialistas da área e representantes das associações e das empresas, esta base presta regularmente serviços, como disponibilização de informações de desenvolvimento da indústria, formação profissional, salão de intercâmbio profissional, orientação para o exercício da actividade profissional e estágio desse exercício. O Parque convida, também, jovens médicos de medicina tradicional chinesa oriundos da região de Macau a juntarem-se ao grupo de trabalho de implementação, para participarem em vários trabalhos da base, com vista a ajudar na elevação da qualidade profissional dos talentos de medicina tradicional chinesa de Macau.

Sendo uma das principais áreas de desenvolvimento do Parque, a indústria da saúde integral (projecto essencial) conta com vários projectos de apoio que focam o cuidado médico e a exibição da cultura da medicina tradicional chinesa, como o Ruilian (Hengqin) Wellness Resort, o Museu de Tecnologia e Creatividade de Medicina Tradicional Chinesa, a Rua Temática da Cultura de Medicina Tradicional Chinesa-OláLótus, que estão alinhados com o planeamento estratégico e com a direcção de desenvolvimento desta indústria no país. Os projectos estão actualmente em aceleração e, no futuro, tornar-se-ão um destaque da demonstração da indústria da saúde, na região da Grande Baía Guangdong–Hong Kong–Macau. Em simultâneo, o desenvolvimento da referida indústria fornecerá aos profissionais e jovens talentos relevantes melhores condições e espaço de desenvolvimento nas áreas de emprego, empreendedorismo e formação relacionadas com a medicina tradicional chinesa.

No dia 18 de Fevereiro de 2019, o Comité Central do Partido Comunista da China e o Conselho de Estado publicaram as Linhas Gerais do Planeamento para o Desenvolvimento da Grande Baía Guangdong–Hong Kong–Macau, em que o Parque se posiciona enquanto o grande suporte inovador da Grande Baía. A par disso, emitiram também sinais fortes sobre o apoio ao Parque, no contexto da construção da plataforma dos serviços públicos para o registo no estrangeiro de produtos de medicina tradicional chinesa, no contexto do desenvolvimento da indústria de saúde e no contexto da prestação dos serviços de cuidados de saúde de qualidade, contribuindo para o desenvolvimento da medicina tradicional chinesa no estrangeiro.

No dia 22 de Outubro de 2018, durante a visita ao Parque, o Senhor Presidente Xi Jinping enfatizou que “se deve reforçar o apoio político, enriquecer o conteúdo da cooperação, expandir o espaço de cooperação, desenvolver indústrias emergentes e promover o desenvolvimento dinâmico na área económica de Macau”. O Parque irá ter em mente essa intenção inicial para sempre, assim como as nossas missões, e dará continuidade aos objectivos essenciais e ao posicionamento de desenvolvimento, tirando bom partido das oportunidades e benefícios trazidos pela construção da Grande Baía. Deve também dar respostas activas, sob as instruções da direcção estratégica do país, à missão concedida pelo Governo Central, para a construção da plataforma do desenvolvimento da indústria tecnológica de medicina tradicional chinesa, em Macau, criando mais condições favoráveis e dando energia à promoção da diversificação adequada da economia de Macau.


Ver mais
2011anos
50W
140W

Centro de informações


Mantenha-se atualizado em tempo real sobre as últimas novidades da cantonese-macau, conheça a cultura cantonesa-australiana e conheça os cantoneses-australianos.

Saiba mais
09

Mar/2020

Mais uma boa notícia? Esta empresa é maravilhosa! ——O projecto da preparação de medicamentos tradicionais chineses para inalação por nebulização, lançado pela Increase (Hengqin) Medicine Research Institution Co., Ltd., obteu financiamento da Província de Guangdong para a cooperação científica e tecnológica entre Guangdong e Macau

Notícias do Parque
Nestes dias, o projecto da preparação de medicamentos tradicionais chineses para inalação por nebulização co-lançado pela Increase (Hengqin) Medicine Research Institution Co., Ltd. (adiante designada por “Increase”), empresa instalada no Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong-Macau (adiante designado por “Parque”), e pelo Laboratório Chave Estatal para Investigação de Qualidade em Medicamentos Chineses (State Key Laboratory of Quality Research in Chinese Medicines) da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, foi autorizado e publicado não só como projecto para a cooperação científica e tecnológica entre Guangdong e Macau do Departamento de Ciência e Tecnologia da Província de Guangdong, mas também como projecto do Fundo para oDesenvolvimentodasCiênciase da Tecnologia de Macau (FDCT). O mesmo recebeu financiamento das duas instituições, e foi considerada também como projecto de FDCT-GDST de Macau. Esta foi mais uma honra que a Increase ganhou depois de constar na lista de “Empresa Inovadora de Desenvolvimento Rápido Introduzida e Formada pelo Município de Zhuhai 2019 (Empresa Unicórnio)” em janeiro deste ano.Fundada em Janeiro de 2017 pela equipa de especialistas da Academia das Ciências de Medicina Chinesa da China, a Increase foi uma das primeiras empresas farmacêuticas que se instalaramno Parque. Trata-se duma instituição de investigação e desenvolvimento de ciência e tecnologia inovadora que integra as vertentes de novos medicamentos característicos de medicina tradicional chinesa (adiante designado por “MTC”), preparação para inalação por nebulização, investigação e desenvolvimento de novas preparações, serviços técnicos e formação de registo internacional dos medicamentos.Nos dois anos após a sua instalação no Parque, foi qualificada como “Centro de Técnicas da Engenharia de Preparação para Inalação por Nebulização da Província de Guangdong”, “Empresa de Nova e Alta Tecnologia a Nível Nacional”, “Instituição de Investigação e Desenvolvimento Inovadora da Província de Guangdong”, “Centro de Técnicas das Empresas de Referência do Município de Zhuhai”, etc. Além disso, o seu parceiro, a Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, possui até agora o primeiro e único laboratório chave estatal no domínio de MTC. Ambas as partes dispõem das técnicas nucleares de ponta num contexto internacional em termos de fitoterapia chinesa, e apresentam uma natural complementaridade no desenvolvimento de novos medicamentos de MTC, empenhando-se conjuntamente na resolução de problemas comuns essenciais de fitoterápicos chineses através do presente projecto, de modo a impulsionar a transformação de resultados científicos e tecnológicos. Sendo uma empresa representante no Parque, ao longo dos dois anos, a Increase tem recebido apoios do Parque em termos de estabelecimento, políticas, acesso a recursos e promoção de crescimento sustentável, os quais visam promover o desenvolvimento estável da empresa. A Increase tem conquistado bons resultados consecutivos com base na sua capacidade sólida de investigação e desenvolvimento científico e tecnológico, e no seu modo de desenvolvimento estável, não se tratando apenas do reconhecimento do seu próprio crescimento, como também dos trabalhos do Parque. No futuro, o Parque vai continuar a esforçar-se em optimizar o conteúdo de serviços, elevar o nível de serviços, resumir as experiências de sucesso, bem como explorar e cultivar mais empresas excelentes, a fim de contribuir para a inovação científica e tecnológica e o desenvolvimento económico de alta qualidade de Zhuhai, assim como a promoção da integração do mercado na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.
22

Feb/2020

Emocionante! Mais cinco empresas do Parque Industrial foram reconhecidas como empresas de alta tecnologia em 2020 - Publicação da lista oficial das empresas de alta tecnologia de 2019!

Notícias do Parque
No dia 18 de Fevereiro de 2020, o Centro da Tocha do Ministério da Ciência e da Tecnologia do Estado publicou a primeira, segunda e terceira listas das empresas de alta tecnologia do país, incluindo cinco empresas estabelecidas no Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong-Macau (adiante designado por Parque), designadamente, a Zhuhai TTOAI Medical Technology Co.,Ltd,a Zhuhai Wakeup Science and Technology Co., Ltd., a Zhuhai Hopegenes Chinese Medicine Institute Co.,Ltd, a Zhuhai Vision Medical Technology Co.,Ltd, e a Increasepharm (Hengqin) Institute Co.,ltd. Graças às suas equipas profissionais de investigação e desenvolvimento, competência tecnológica consolidada e modo de desenvolvimento estável e saudável, os referidos estabelecimentos foram reconhecidos, com sucesso, como empresas de alta tecnologia do país, o que demonstra a tendência positiva do crescimento estável e desenvolvimento inovador das empresas do Parque, estimulando as pequenas e médias empresas que se esforçam em prol do desenvolvimento sob a epidemia.Muitos parabéns às referidas cinco empresas! Tal honra é o reconhecimento do passado. No futuro, devem fazer bom uso do seu papel enquanto exemplos, manter-se fiéis às aspirações iniciais e superar os obstáculos, dirigindo todos a atingir novos avanços.As novas notícias são sempre tão emocionantes como impulso, especialmente depois de sofrermos tantas dificuldades no início do ano. Desejam pôr mãos à obra de imediato? Em 2020, o Parque servirá como um forte apoio para todos. Iremos elevar constantemente a competência do serviço tecnológico, reforçar o apoio e fomentar as pequenas e médias empresas e desenvolver-se, com todos de mãos dadas!O ano de 2020 iniciou oficialmente agora!
05

Jan/2020

Incubadora do Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong–Macau reconhecida como “Incubadora Nacional de Empresas Científicas e Tecnológicas”

Notícias do Parque
No dia 23 de Dezembro de 2019, a incubadora do Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong–Macau (adiante designada por “incubadora”) passou, com êxito, no processo de aprovação e publicidade do Ministério da Ciência e Tecnologia, tendo obtido, oficialmente, o título de “Incubadora Nacional de Empresas Científicas e Tecnológicas”, o que representa um novo patamar para os resultados do seu trabalho de incubação industrial.Enquanto veículo e plataforma de relevância para o desenvolvimento do sector de medicina tradicional chinesa em Macau, o Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong–Macau (adiante designado por “Parque”), com base na inovação, na investigação e no desenvolvimento de medicina tradicional chinesa, tem vindo a promover e a apostar no agrupamento de indústrias, na reunião de quadros qualificados, na compartilha de tecnologias e no desenvolvimento movido por inovação, nos domínios de medicina tradicional chinesa, medicina biológica, saúde, entre outros. Desde o ano de 2017, o Parque começou a dedicar-se ao desenvolvimento do sistema de incubação de indústrias, em conformidade com os critérios que dizem respeito ao título de “Incubadora Nacional de Empresas Científicas e Tecnológicas”, tendo requerido e obtido o reconhecimento como incubadora do município de Zhuhai e da província de Guangdong, em 2017 e 2018, respectivamente, de acordo com os requisitos para o reconhecimento como incubadora nacional de empresas científicas e tecnológicas. Para mais bem apoiar Macau a desenvolver o sector de medicina tradicional chinesa, o Parque, contando com o grande apoio e a recomendação do Departamento de Ciência e Tecnologia da província de Guangdong e após uma apreciação e avaliação rigorosa do Ministério da Ciência e Tecnologia, obteve, oficialmente, o título de “Incubadora Nacional de Empresas Científicas e Tecnológicas”, no dia 23 de Dezembro de 2019.A incubadora de empresas científicas e tecnológicas, enquanto instituição de serviços que visa incubar e dar apoio às pequenas e médias empresas de alta tecnologia, irá proporcionar aos empreendedores um ambiente empreendedor com condições favoráveis. Através da disponibilização de espaços para empreendedorismo, das infra-estruturas necessárias e de uma série de serviços profissionais, serão reduzidos os riscos e custos a ser assumidos pelos empreendedores, prestados assistência e apoio às pequenas e médias empresas em prol do seu crescimento e desenvolvimento rápido, assim como reunidas as empresas a montante e jusante da cadeia industrial. O apoio prestado pela incubadora não só é favorável ao desenvolvimento das empresas de Macau na Grande Baía como também é positivo para a incubação de mais empresas instaladas no Parque, ajudando-as a transformarem-se em empresas de Macau, impulsionando, deste modo, o desenvolvimento integrado do sector de medicina tradicional chinesa entre o Interior da China e Macau. Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong–MacauAgrupamento de um número de indústrias no ParqueA zona de incubação do Parque ocupa actualmente uma área de funcionamento de 128 mil metros quadrados. Tendo em conta as diferentes exigências que os diferentes tipos de empresas apresentam no seu processo de crescimento e desenvolvimento, foi construída uma cadeia completa de incubação, que inclui: “espaço de cowork, incubadora, aceleradora, sede em edifício único”. Após uma promoção activa de quase dois anos, começaram-se a evidenciar os resultados do Parque no âmbito da incubação, desde a incubação de empresas até à de indústrias. Até agora, já entraram no Parque mais de 160 empresas registadas, incluindo a Guangzhou Pharmaceutical Holdings Limited, a Intertek, a Increase Innovative Medicine, entre outras grandes empresas e instituições de investigação e desenvolvimento, das quais 40 são empresas de Macau, representando 24,7 por cento do número total de empresas. Ao mesmo tempo, a construção da plataforma de integração de estudo e investigação na área de medicina tradicional chinesa e da plataforma internacional de intercâmbio e cooperação, assim como a disponibilização dos serviços de Boas Práticas de Fabrico (BPF) em Escala-Piloto, da plataforma de serviços públicos com compartilha de equipamentos e da plataforma de registo e comércio internacional e inspecção por terceiro com reconhecimento internacional irão ajudar as empresas de Macau a desenvolverem mais produtos e a explorarem, progressivamente, o mercado do Interior da China e o internacional, que são muito maiores do que o de Macau. Até ao presente, o Parque já desenvolveu 11 produtos medicinais, suplementos saudáveis e outros novos produtos de medicina tradicional chinesa, por quatro empresas de Macau, tendo contribuído para a elevação dos critérios de qualidade de dois produtos, que já estão a ser comercializados, de uma empresa de Macau, assim como conseguido a sua entrada no mercado de Moçambique. Edifício das Boas Práticas de Fabrico em Escala-PilotoAdicionalmente, o Parque conta com uma equipa profissional de serviços empresariais, que construiu uma cadeia completa de serviços destinados às empresas, incluindo a declaração de políticas, o emparelhamento de investimento e financiamento, o marketing, a incubação de empresas, entre outros. Até agora, o Parque já ajudou cinco empresas a obterem uma totalidade de 100 milhões de RMB de financiamento, diversas empresas a obterem uma totalidade de 26 milhões de RMB de diferentes tipos de subvenções governamentais, 6 empresas a declararem-se como empresas nacionais de alta tecnologia, 23 empresas a obterem 10 diferentes reconhecimentos, como o reconhecimento de nova instituição de investigação e desenvolvimento da província de Guangdong, o reconhecimento de pequenas e médias empresas de ciência e tecnologia, entre outros. A par disso, têm sido realizadas 3 séries de actividades de formação, intituladas “Escola de Comércio sobre a MTC”, “Encontro com a MTC” e “Palestras sobre a MTC”, que formaram, no total, mais de 1500 pessoas. O Parque realiza frequentemente actividades de formação com diferentes temasNo futuro, o Parque irá aperfeiçoar a sua qualidade enquanto plataforma e optimizar o sistema de serviços destinados às empresas, criando condições favoráveis para atrair a entrada de mais empresas distintas domésticas e estrangeiras e projectos de Macau e condições para criar, conjuntamente, uma atmosfera industrial. O Parque encaminhar-se-á, ainda, para se tornar um sítio que demonstre e lidere o desenvolvimento do sector de medicina tradicional chinesa de alta qualidade na Grande Baía Guangdong–Hong Kong–Macau, criando mais espaços e condições para o desenvolvimento das empresas e dos quadros qualificados de Macau.